AGENDA ANPOF
  • LISTA DE TRABALHOS APROVADOS - COLEÇÃO XVIII ENCONTRO DA ANPOF

    A concepção geral do trabalho de publicação das pesquisas apresentadas no XVIII Encontro Nacional da ANPOF realizada na UFES, em Vitória/ES, consistiu em operacionalizar as atividades da maneira mais amplamente colegiada possível, envolvendo no processo de avaliação dos textos submetidos todas as coordenações dos Grupos de Trabalho e dos Programas de Pós-graduação (PPGs) em Filosofia, bem como uma comissão de avaliação específica para os trabalhos que não foram avaliados por algumas coordenações de PPGs. 

    LEIA MAIS

  • RESULTADO DO EDITAL DE ADESÃO DE PERIÓDICOS DA ÁREA DE FILOSOFIA AO PORTAL DE PERIÓDICOS ELETRÔNICOS DA ANPOF

    Resultado do Edital de Adesão de Periódicos da área de Filosofia ao Portal de Periódicos Eletrônicos da ANPOF.Confira aqui a lista de Periódicos Aprovados para compor o Portal de Periódicos da ANPOF.

    LEIA MAIS

  • PRESIDENTE DA ANPOF PARTICIPA DE REUNIÃO COM PRESIDENTE DA CAPES

    No último dia 11 de outubro, o Prof. Adriano Correia, presidente da ANPOF, participou de uma reunião com o Presidente da CAPES, o prof. Anderson Correia. Também estiveram presentes os diretores de avaliação, de programas de bolsas e de relações internacionais da entidade, além de outros representantes de entidades de humanidades.

    LEIA MAIS

  • CARTA DE CURITIBA - CHAMADO À RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

    Vivemos um momento de graves e irresponsáveis agressões ao meio ambiente, com ataques à já frágil legislação, retrocessos institucionais e supressão de direitos patrocinadas por um governo que nega as evidências da crise climática criando vexames internacionais e incentivando práticas de pilhagem que incluem o desmatamento da Amazônia, queimadas, uso indiscriminado de agrotóxicos e a extinção da vida.

    LEIA MAIS

  • RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA DIRETORIA DA ANPOF - 2019/1

    A diretoria da ANPOF tem tomado várias iniciativas visando defender o direito à pesquisa e ao ensino de filosofia em todos os níveis de ensino, em conformidade com os objetivos definidos em seu estatuto. Temos acompanhado de perto o processo inédito de construção coletiva do documento de área junto à coordenação da área de filosofia junto à CAPES e também nos manifestado em defesa do financiamento da pesquisa na área e da manutenção da presença da disciplina filosofia no nível médio de ensino.

    LEIA MAIS

  • FÓRUM DE DEBATES: ANPOF/ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FILOSOFIA

    A ANPOF (Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia) é reconhecida pela comunidade filosófica brasileira como sua associação nacional. A entidade surgiu no início dos anos 1980 como uma associação de programas de pós-graduação, a qual não obstante possui dentre suas finalidades básicas – definidas em seu Estatuto Social (2013).

    LEIA MAIS

  • LEVANTAMENTO FEITO PELA ANPOF INDICA BAIXA PRESENÇA DE ENSINO DE MARX NAS PÓS-GRADUAÇÕES EM FILOSOFIA NO BRASIL

    A Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia no Brasil reúne 47 programas em todas as regiões do país. Estes programas oferecem mestrado e/ou doutorado. De acordo com levantamento feito pela instituição, neste semestre apenas 2,3% das disciplinas oferecidas pelos programas são sobre Marx.

    LEIA MAIS

  • NOTA DE REPÚDIO A DECLARAÇÕES DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO E DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA SOBRE AS FACULDADES DE HUMANIDADES, NOMEADAMENTE FILOSOFIA E SOCIOLOGIA

    A Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia (ANPOF) e associações abaixo mencionadas repudiam veementemente as falas recentes do atual presidente da república e de seu ministro da educação sobre o ensino e a pesquisa na área de humanidades, especificamente em filosofia e sociologia.

    LEIA MAIS

  • Coordenações da graduação e pós-graduação em Filosofia da Universidade Estadual do Vale do Aracaú se manifestam contra a fala do Ministro da Educação

    Na última segunda-feira (8/4) o jornalista Josias de Souza divulgou em seu blog no portal UOL uma fala do Ministro da Educação recém-empossado, Abraham Weintraub, em que diz que as universidades nordestinas não deveriam ensinar filosofia, mas priorizar o ensino de agronomia. Ao que tudo indica, a fala do ministro é de setembro do ano passado, mas ganhou repercussão agora em razão da posição que ora ocupa, numa Pasta central para o país. Nem por isso deixa de ser, ao mesmo tempo, revoltante e compreensível.

    LEIA MAIS

banner quadrado periodicos 2019 E
 
BANNER FORUM-HOME2-ENG
 
03 COLUNA
CLIPPING ANPOF
Working Groups ANPOF

face      YOUTUBE ANPOF

rss      twiiter

Lançamento do livro "O Valor da Simplicidade" Jelson Oliveira

Elogio à simplicidade é o título do novo livro do filósofo Jelson Oliveira, professor do programa de pós-graduação em Filosofia da PUCPR. A obra, que sai com o selo PUCPRess, é o terceiro volume da Coleção Sabedoria Prática, cujos outros dois títulos (Sabedoria prática e Filosofia da viagem), foram revisados e estão sendo relançados num charmoso box de Filosofia do cotidiano. Os livros serão lançados no próximo dia 23.08, às 20h, na Bienal Internacional do Livro de São Paulo.  

Elogio à simplicidade analisa como o conceito de simplicidade se desenvolveu ao longo da história ocidental, associado a valores como prudência, moderação, temperança, equilíbrio, serenidade. O livro foi dividido em duas partes: “nada em excesso” e “conhece-te a ti mesmo”, dois lemas gregos escritos no Templo de Delfos. Na primeira parte, o autor analisa a simplicidade como princípio exterior: o consumismo exagerado, a ostentação e o luxo no morar, comer e vestir. Na segunda parte a simplicidade é um princípio interior: um cuidado consigo mesmo que leva a uma vida mais tranquila, com relações mais autênticas, baseadas na prudência e na moderação.

Segundo a proposta do livro, a simplicidade é um equilíbrio entre a pobreza e a riqueza. Um princípio político, portanto, um modo de existir que faz parte da dietética dos cuidados, um regime filosófico cujo benefício é a beleza existencial. Uma arte de viver destinada ao bom uso dos prazeres e à satisfação adequada das necessidades vitais. Elogio à simplicidade, nesse sentido, analisa a forma de relação com os objetos dispostos para o nosso uso no mundo, com a natureza vinculada ao nosso cuidado e com as gerações futuras sob nossa responsabilidade. Ao elogiá-la, a obra valoriza as práticas de vida simples que contestam aquilo que muitos consideram o único modo de viver em nossa sociedade, que é, sobretudo, uma sociedade de consumo.

Com uma linguagem ao mesmo tempo densa e simples, Elogio à simplicidade é um livro para todos os que querem recordar a importância teórica do conceito, mas sobretudo para quem pretende ressignificar a própria vida e rever suas práticas cotidianas.
FaLang translation system by Faboba