Filosofia e Cinema: uma antologia

capa jonadas 282x400

Está online e pode ser baixado gratuitamente no site do NEPFIL Online (https://wp.ufpel.edu.br/nepfil/) o livro “Filosofia e Cinema: uma antologia”, que foi organizado pelos Profs Jonadas Techio (UFRGS) e Flavio Williges (UFSM). Os capítulos foram escritos por vários filósofos e filósofas de universidades brasileiras e por Susana Viegas, da IFILNOVA  de Lisboa, Portugal. O livro conta também com um conjunto de traduções de artigos clássicos escritos por James Conant e Stephen Mulhall e uma tradução do verbete “Filosofia do Cinema”, escrito por Thomas Wartenberg para a Stanford Encyclopedia of Philosophy. O texto foi projetado como um manual para iniciantes e também como um livro de referência para pesquisadores interessados em filosofia e cinema.

Série Investigação Filosófica: Textos Selecionados de Lógica

Capa Final SIF

Publicação do primeiro volume da Série Investigação Filosófica: Textos Selecionados de Lógica. A Série Investigação Filosófica, uma iniciativa do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Filosofia do Departamento de Filosofia da UFPel e do Grupo de Pesquisa Investigação Filosófica do Departamento de Filosofia da UNIFAP, sob o selo editorial do NEPFil online e da Editora da Universidade Federal de Pelotas, tem por objetivo precípuo a publicação da tradução para a  língua portuguesa de textos selecionados a partir de diversas plataformas internacionalmente reconhecidas, tal como a Stanford Encyclopedia of Philosophy (https://plato.stanford.edu/), por exemplo. O objetivo geral da série é disponibilizar materiais bibliográficos relevantes tanto para a utilização enquanto material didático quanto para a própria investigação filosófica.

Baixe gratuitamente o primeiro livro em: https://wp.ufpel.edu.br/nepfil/serie-investigacao-filosofica/

Nietzsche à luz dos antigos: a cosmologia

image 2

O livro, "Nietzsche à luz dos antigos: a cosmologia'', parte da tese de doutorado do Prof.dr João Evangelista Tude de Melo Neto, acaba de ser publicado e já está sendo comercializado no site da editora da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). O trabalho foi lançado pela Coleção Sendas e Veredas do Grupo de Estudos Nietzsche, que, desde 2000, vem publicando relevantes estudos dedicados à investigação da obra de Nietzsche. Como estamos passando por esse difícil momento, não faremos, por enquanto, um lançamento em um lugar específico. Em breve, informarei os detalhes. Contudo, como disse, o livro pode ser comprado no site da editora, por meio deste link:

http://www.editoraunifesp.com.br/produto/nietzsche+a+luz+dos+antigos.aspx.

O livro consiste na primeira parte de um trabalho que se propõe a realizar uma interpretação de conjunto dos principais temas da última fase do pensamento nietzschiano. Para levar a cabo essa tarefa, elegemos como norte metodológico o aprofundamento do exame acerca do diálogo – por vezes, convergente, por vezes, antagônico – entre Nietzsche e alguns momentos fundamentais da tradição ocidental antiga. Ao recorrer a essa estratégia, esperamos ter contribuído para a compreensão do pensamento maduro de Nietzsche enquanto um todo orgânico, o qual, no nosso entender, só ganha sentido quando confrontado com os pilares da antiguidade ocidental. Destarte, o título deste trabalho elucida nossa meta, uma vez que pretendemos pensar Nietzsche à luz dos antigos. No livro que agora vem a lume, tentamos dar conta da primeira parte desse objetivo, oferecendo uma interpretação da cosmologia nietzschiana por meio da elucidação de suas relações com a filosofia de Heráclito e a física dos estoicos.
Sobre o autor:

João Evangelista Tude de Melo Neto é doutor em filosofia pela Universidade de São Paulo (USP) e professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Entre outros trabalhos, é autor de 10 Lições sobre Nietzsche (Vozes) e de doze verbetes do Dicionário Nietzsche (gen/Loyola).

Sobre o grupo GEN:
Fundado em 1996, pela Profa. Scarlett Marton, o GEN – Grupo de Estudos Nietzsche – é um grupo de pesquisa internacional, que reúne estudiosos brasileiros e pesquisadores europeus da filosofia nietzschiana. Hoje presente em todo o Brasil, do Ceará ao Rio Grande do Sul, continua a perseguir o propósito de fazer avançar as investigações sobre o pensamento de Nietzsche e promover a discussão acerca das questões que dele emergem. Além do intercâmbio permanente com as diversas Nietzsche Societies e centros de pesquisa internacionais, suas atividades organizam-se em torno dos Cadernos Nietzsche, publicados três vezes ao ano; dos Encontros Nietzsche, que ocorrem em diferentes pontos do país; e da Coleção Sendas & Veredas. No contexto da Coleção Sendas & Veredas, a série Ensaios norteia-se por duas diretrizes básicas: a de trazer ao público brasileiro as mais diversas leituras do pensamento de Nietzsche, a fim de construir um fórum permanente de debates, e a de acolher trabalhos de especialistas estrangeiros de renome, estudiosos confirmados e jovens pesquisadores brasileiros, visando promover um diálogo entre diferentes gerações.

Scientiæ Studia - Novo livro e nova coleção

sciencia

Caro/a leitor/a,

gostaríamos de trazer ótimas novidades, e em dose dupla, porque desta vez trata-se de um novo livro e uma nova Coleção.

Acaba de chegar a obra A experiência do cético, de Plínio Junqueira Smith, que inaugura a Coleção de Epistemologia e Filosofia Analítica, da editora Scientiae Studia.

Provocativa, clara e bem escrita, esta é também uma obra de fácil acesso e merece ser saudada, não só pelo seu mérito próprio, mas ao convidar a atitudes reflexivas que não são exatamente comuns entre nós, entre as quais o debate de posições filosóficas pessoais.

E para celebrar a dupla novidade, estamos com uma super promoção: frete grátis para TODO território nacional. Isso mesmo! Você compra seu exemplar e a remessa é por nossa conta. Escreva para secretaria@scientiaestudia.org.br que teremos o maior prazer em lhe passar todas as informações da promoção.

Saudações cordiais,

Associação Filosófica Scientiæ Studia
www.scientiaestudia.org.br
https://www.facebook.com/RevistaScientiaeStudia

 

"Figurações do Amor Artístico" Prof. Dr. Renarde Freire Nobre

livrofiguraçõesdoamorartístico

Os escritos deste livro são composições independentes. Cada qual uma melodia com seu fraseado próprio, conformando-se como arranjos particulares de ideias. Porém, o leitor encontrará fortes ressonâncias entre as execuções, um afinamento de temas, sentenças, vozes e teses; o que, ao término, talvez leve à compreensão de se tratar de sinfonia única repartida em alguns movimentos, denominada Figurações do amor artístico.

Um tema se repete diversificado nas diferentes composições: o tema da vitalidade artística. Ele comparece como um núcleo semântico de múltiplos centros, um estribilho dispersivo, uma cadência disforme ou um eco regente com sua batuta arrítmica. É por ele que melhor se harmoniza a variedade das ideias, ao se estabelecerem conjunções de arte e vida, e destas com a morte, a solidão, a liberdade, a dor, o prazer, o sexo, o imoralismo, a Terra, o inumano, o riso.

https://www.editoraufmg.com.br/#/pages/obra/790

Projeto Oficina de Filosofia

OFICINA DE FILOSOFIA

Projeto de Divulgação Filosófica sob coordenação do Prof. Dr. Diogo Bogéa. Acaba de ser lançado o primeiro livro da coleção: "Oficina de Filosofia, como filósofos, alquimistas e cientistas transformaram nossa maneira de ver o mundo":

UM LIVRO SOBRE AS GRANDES QUESTÕES DO MUNDO 
As grandes questões existenciais que movem a Filosofia. Como surgiu o mundo? De que são feitas as coisas? O que as investigações dos primeiros filósofos sobre a origem do mundo, a busca dos alquimistas pela "pedra filosofal" e as pesquisas científicas sobre cosmologia e física quântica têm em comum? Com uma narrativa impressionante e cheia de curiosidades e reviravoltas, o doutor em Filosofia Diogo Bogéa nos apresenta a incrível jornada humana na busca pelo conhecimento do universo.

SUMÁRIO
Oficina de Filosofia (em lugar de uma introdução)
1- DE ONDE VEIO O MUNDO?
Como tudo começou?  
Os primeiros "físicos"  
O Demiurgo e o Primeiro Motor  
Não questionarás  
Como uma máquina  
Newton  
O destino da Ciência nos astros  
O que havia antes do Big Bang?  

2- DE QUE SÃO FEITAS AS COISAS?
Os "bruxos" e a pedra filosofal
Tudo é água  
Tudo é lego  
Um bom restaurante  
O gerador da água  
A redescoberta do átomo  
Eléktron  
Ver para crer?  
O "mundo quântico"  
O mundo como rede de relações  

https://www.amazon.com.br/Oficina-Filosofia-alquimistas-cientistas-transformaram-ebook/dp/B08CVMS3N5/ref=sr_1_1?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&crid=2XFAVVHXLSDBS&dchild=1&keywords=oficina+de+filosofia&qid=1595004363&sprefix=oficina+de+fil%2Caps%2C338&sr=8-1 

PRÊMIO FILÓSOFAS

115899402 3454402867952227 2336405810568622433 o

A Rede Brasileira de Mulheres Filósofas e a Diretoria da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia (ANPOF) tornam pública a edição 2020 do Prêmio Filósofas de Distinção Acadêmica em Mestrado e Doutorado, referente a dissertações e teses defendidas entre 2017 e 2020. 


TÍTULO I – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 

Art. 1 - O Prêmio Filósofas de 2020 será outorgado a uma dissertação de mestrado e a uma tese de doutorado produzidas por filósofas e defendidas nos programas de pós-graduação associados à ANPOF. 


Art. 2 – Para concorrer ao Prêmio Filósofas, os trabalhos devem, necessária e obrigatoriamente, atender aos seguintes critérios de elegibilidade: 

I - terem sido defendidos entre janeiro de 2017 e o final do período de inscrições. 

II - terem sido defendidos em programa de pós-graduação associado à ANPOF. 

III - serem de autoria de uma mulher, bastando a autodeclaração de gênero.

TÍTULO II – DA PREMIAÇÃO 

Art. 3 - O Prêmio Filósofas consiste em: 

I - certificado de premiação a ser outorgado ao orientador, eventual co-orientador e ao programa em que foram defendidas a dissertação e a tese vencedoras. 

II - certificado de premiação ao autor. 

III - publicação dos trabalhos em volume impresso e digital pela Kotter Editorial. 

TÍTULO III – DAS MENÇÕES HONROSAS 

Art. 4 - Poderão ser concedidas menções honrosas aos trabalhos que forem selecionados para a última etapa, até o número máximo de 2 (duas) para cada nível (mestrado e doutorado). 

TÍTULO IV – DA PRÉ-SELEÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES 

Art. 5 - A pré-seleção das dissertações e teses a serem inscritas no Prêmio Filósofas ocorrerá nos programas de pós-graduação associados à ANPOF. 

Art. 6 - Os programas indicarão um único trabalho produzido por uma aluna do programa, defendido no período referido no art. 2, inc. I e selecionado por comissão organizada pelo próprio programa. 

Art. 7 - Os programas que tiverem mestrado e doutorado indicarão um trabalho para cada nível, respeitando o período referido no art. 2, inc. I. 

TÍTULO V – DAS INSCRIÇÕES 

Art. 8 - As inscrições dos trabalhos indicados serão feitas pelos coordenadores responsáveis através do envio dos documentos necessários ao e-mail premiofilosofas@gmail.com até 24 de agosto de 2020. Os coordenadores receberão email de confirmação de inscrição. Caso não recebam a confirmação, devem voltar a entrar em contato pelo referido e-mail antes do encerramento do prazo das inscrições.


Art. 9 - Os documentos necessários para a inscrição são: 

I - E-mail enviado pelo coordenador do programa com indicação formal, mencionando o título do trabalho e o nome da autora, atestando a data da defesa e apresentando o mérito do trabalho selecionado.

II - Exemplar completo do trabalho selecionado, em versão PDF. 

III - Declaração assinada (digitalmente) pela autora, autodeclarando-se mulher e concordando com a inscrição de seu trabalho no prêmio. 

TÍTULO VI – DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO 

Art. 10 - Os trabalhos inscritos serão examinados por comissão instituída pela Rede Brasileira de Mulheres Filósofas. 

Art. 11 - A comissão será constituída por examinadores membros de programas de pós-graduação associados à ANPOF. 

§ 1 - É vedada a participação de orientadores ou co-orientadores de dissertações e teses concorrentes ao prêmio. 

§ 2 - Não haverá restrição de área, nem vinculação específica do parecerista com a área do trabalho analisado.

TÍTULO VII – DO PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO 

Art. 12 - Cada trabalho inscrito será submetido a dois examinadores por fase, com exceção da fase final, quando os trabalhos selecionados serão lidos por todos os examinadores para ela designados. 

§ 1 - As avaliações obedecerão  ao sistema determinado pela administração da Rede Brasileira de Mulheres Filósofas. 

Art. 13 - Na primeira etapa, cada trabalho será avaliado por dois examinadores. Cada examinador indicará dois trabalhos de um mesmo nível (mestrado ou doutorado). A indicação será justificada por parecer. Esses trabalhos serão classificados para a etapa seguinte. 

Art. 14 - Na segunda etapa, cada trabalho será apreciado por dois examinadores diferentes da primeira etapa. Cada examinador dará notas de 0 a 10 para um grupo de trabalhos de um mesmo nível (mestrado ou doutorado)  A nota será justificada por parecer. Classificam-se para a etapa final os três trabalhos de maior nota de cada nível. 

Art. 15 - A terceira e última etapa indicará os vencedores. 

§ 1 - Os trabalhos selecionados serão lidos por todos os avaliadores indicados para esta fase. 

§ 2 - Estes avaliadores emitirão pareceres sobre todos os trabalhos e decidirão, em reunião virtual, quais são os trabalhos vencedores e as eventuais menções honrosas. 

Art. 16 - A divulgação dos vencedores e das eventuais menções honrosas será feita no site da Rede Brasileira de Mulheres Filósofas e no site da Anpof. 

TÍTULO VIII - DO CRONOGRAMA



Pré-seleção e inscrição: até 24 de Agosto de 2020 

Primeira etapa: 25 de agosto a 12 de outubro de 2020 

Segunda etapa: 13 de outubro a 22 de novembro de 2020 

Terceira etapa: 23 de novembro a 11 de dezembro de 2020 

Resultado final: 14 de dezembro de 2020 

TÍTULO IX – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art.17 - O Prêmio Filósofas é independente das demais premiações da ANPOF, podendo ser acumulado com elas.

Art. 18 - Não cabe recurso sobre as decisões tomadas pelas comissões de julgamento em nenhuma das fases da premiação.

Art.19 - Os casos omissos serão analisados pela administração da Rede Brasileira de Mulheres Filósofas.

https://www.filosofas.org/premio

Colóquio Pensadores Brasileiros: coletâneas de textos 2018 e 2019 Delmar Cardoso; Paulo Margutti (Orgs.)

Paulo Margutti Coletânea II

 

Paulo Margutti Coletânea III

“O Brazil não conhece o Brasil”, diz uma canção. Mas talvez seja o caso de perguntar: O Brasil conhece o Brasil? A filosofia em seus múltiplos contornos tem participado da história brasileira desde seus primórdios. Com o objetivo de olhar para relação nem sempre valorizada entre o Brasil e a Filosofia é que o Programa de Pós-Graduação em Filosofia da FAJE e o Grupo de Pesquisa Filosofia do Brasil (FIBRA) têm organizado os colóquios “Pensadores Brasileiros”.  Esta coletânea reúne textos das conferências feitas na edição do colóquio ocorrida em 2018. Naquela ocasião foi apresentada a relação entre Filosofia e Brasil em alguns autores específicos: Machado de Assis, João da Cruz Costa e Dermeval Saviani. Mas também foi discutida a própria relação entre o Brasil e a Filosofia. Eis a explicação para os capítulos inicial e final desta coletânea. Passemos, pois, a apresentar estes textos. Este livro, portanto, quer ser um convite ao diálogo para que o labor filosófico feito no Brasil se deixe questionar por suas raízes e ouse não ser apenas comentário ou erudição, mas se transponha através do conceito e da ação para a afirmação de uma filosofia que seja realmente no Brasil, do Brasil, a partir do Brasil e para o Brasil.

https://www.editorafi.org/797pensadores

Educação Vegana: A urgência de novos olhares

unnamed 3

Sinopse: Em Educação Vegana: a urgência de novos olhares, os leitores e leitoras encontrarão reflexões sobre as práticas culturais humanas que se naturalizaram com o passar dos tempos na sua vivência interespécies. O modo como nós, seres humanos, nos relacionamos com a nossa própria espécie, e mais ainda, com as outras espécies animais e com meio ambiente, precisa de uma urgente releitura genuinamente ética.Em Educação Vegana: a urgência de novos olhares, somos convidados a refletir sobre o fato de que nem tudo que a tradição nos legou é ético e justo. Tradições, costumes, hábitos, precisam ser revistos, buscando sempre desfazer pregas, vincos e rugas morais tão naturalizadas por nossas práticas culturais. A releitura proposta aqui é a partir dos princípios éticos que fundam o modo de vida vegano abolicionista e do olhar interdisciplinar entre a filosofia e as mais diversas ciências.

Mais informações sobre o e-book: https://www.editorafiloczar.store/produto/174800/educacao-vegana-a-urgencia-de-novos-olhares-e-

Dia 11 de Julho de 2020, conversa on-line e lançamento do e-book. 
Para participar, acesse: https://meet.google.com/bib-uypn-jnx (pelo navegador do computador ou pelo app google meet no celular)

Mais artigos...

FaLang translation system by Faboba