A definição husserliana do objeto intencional até as Investigações lógicas (1900-1901) Show all records where Título is equal to A definição husserliana do objeto intencional até as Investigações lógicas (1900-1901)
Giovana Dalmás Show all records where Autor is equal to Giovana Dalmás
UFRGS Show all records where Instituição is equal to UFRGS

O objeto intencional como aquele que é visado, que é tido em vista, segundo as definições da Investigação V das Investigações lógicas, corresponde à primeira definição fenomenológica de objeto intencional. Até aqui, o caminho que leva à definição do objeto intencional é lógico mais do que epistemológico. Para trilha-lo, Husserl precisa clarificar as diferenças e especificidades da consciência de signo e da consciência de objeto, assim como clarificar a natureza das -representações sem objeto-. Estes esclarecimentos estão na origem da primeira teoria fenomenológica da intencionalidade e que Husserl apresenta no esquema apreensão-conteúdo de apreensão. Os objetivos desta comunicação são apresentar i) os principais passos até a definição aparecida nas Investigações lógicas e ii) as implicações e dificuldades epistemológicas que esta primeira definição acarreta, em especial naquilo que diz respeito à relação entre o objeto intencional e o conteúdo de apreensão.

FENOMENOLOGIA E HERMENÊUTICA Buscar Grupo igual a FENOMENOLOGIA E HERMENÊUTICA
Dia 22 | Segunda | Sala 715| 14:30-15:00
CCJE
22/10/2018
FaLang translation system by Faboba