A base física do intelecto em Schopenhauer Show all records where Título is equal to A base física do intelecto em Schopenhauer
Lívia Ribeiro Lins Show all records where Autor is equal to Lívia Ribeiro Lins
UFRJ/PPGF Show all records where Instituição is equal to UFRJ/PPGF

O intelecto, como parte de um organismo, é manifestação da vontade e tem o cérebro como seu correspondente físico. Sua função é possibilitar aos animais a percepção do ambiente em que vivem. Ele é o maior responsável pelas intuições, ficando os sentidos com a mera sensação. Aos nervos dos órgãos sensoriais cabe a tarefa de atribuir aos objetos cor, som, sabor, temperatura etc.; ao cérebro fica o cargo de proporcionar às coisas tudo o que pode ser representado por tempo, espaço e causalidade, como extensão, forma, solidez e movimento. Mesmo presente em todos os animais o intelecto não é idêntico. Sua capacidade para produzir representações varia nas diferentes espécies e no humano atinge tal grau de complexidade que pode ser diferente entre os indivíduos. Cada homem possui características intelectuais peculiares que fazem com que suas capacidades variem bastante. Essas variações se apresentam em inúmeros graus de perfeição. Há graus de excitação que vão da sonolência ao humor e à inspiração, e graus de natureza, que se elevam desde os pequenos animais que percebem obscuramente até ao homem, em que há graus de perfeição que vão do imbecil ao gênio. As características do cérebro tais como tamanho, proporção em relação ao cerebelo, a circulação de sangue em todo o corpo e o estado dos órgãos afetam as representações que serão produzidas por ele. Neste trabalho, pretendo analisar como as alterações do corpo afetam a produção das representações.

Schopenhauer Buscar Grupo igual a Schopenhauer
Dia 23| Terça | Sala 1|10:45-11:15
IC3
23/10/2018
FaLang translation system by Faboba