A crítica nietzscheana às concepções de sujeito transcendental e de coisa em si no primeiro capítulo de Humano, demasiado humano I Show all records where Título is equal to A crítica nietzscheana às concepções de sujeito transcendental e de coisa em si no primeiro capítulo de Humano, demasiado humano I
Marina Gomes de Oliveira Show all records where Autor is equal to Marina Gomes de Oliveira
UERJ Show all records where Instituição is equal to UERJ

O presente trabalho tem por objetivo expor e desdobrar as referências críticas ao kantismo e às filosofias de matriz pós e neo-kantiana (nomeadamente, às obras de Hegel, Schopenhauer e Spir) presentes no primeiro capítulo de Humano, demasiado humano I. Na primeira parte do trabalho, buscamos reconstruir a crítica de Nietzscheao conceito kantiano de subjetividade transcendental, bem como à concepção de homem e de natureza dela decorrentes. Em um segundo momento, procuramos explicitar as referências presentes no texto nietzscheano ao chamado "problema da coisa em si", também conhecido como "problema da afecção", bem como fornecer uma reconstrução do posicionamento do filósofo em relação às propostas de sua solução dentro do quadro de uma filosofia pós ou neo-kantiana apresentadas por Hegel, Schopenhauer e Spir. Em um terceiro e último momento, procuraremos reconstruir a solução oferecida por Nietzsche para o referido problema, solução esta que pode ser descrita como naturalista na medida em que 1- Aponta para a presença de mecanismos evolutivos que atuam à base da formação das estruturas sensório-cognitivas da espécie humana, dando origem ao que se convencionou chamr de "mundo do fenômeno"; 2- Oferece uma reconstrução da origem do conceito de coisa em si a partir da abstração e reificação destas estruturas, reduzindo-o assim a uma mera projeção antropomórfica vazia. À guisa de conclusão, buscaremos fornecer uma balanço da relação de Nietzsche com a filosofia transcendental neste momento de sua obra, apontando para o modo como ele se apropria de alguns de seus elementos-chave ao mesmo tempo em que se posiciona de forma crítica em relação a alguns de seus pressupostos fundamentais, fazendo com que a referida relação seja marcada por uma forte tensão de caráter estrutural.

NIETZSCHE Buscar Grupo igual a NIETZSCHE
DIA 25 | Quinta | Sala 403| 13:30-14:00
CCJE
25/10/2018
FaLang translation system by Faboba