Gilberto Oliari Show all records where Autor is equal to Gilberto Oliari
UFSM Show all records where Instituição is equal to UFSM

O presente ensaio tem por objetivo abordar fenomenologicamente os conceitos de pre-sença e de evasão construídos respectivamente por Heidegger e Levinas. Dos escritos heideggerianos faz-se um recorte dos parágrafos 12 e 13 da obra Ser e Tempo (2005), pois estes apresentam a caracterização do momento constitutivo da pre-sença desdobrando em ser-no-mundo (ser-em) e o conhecimento do mundo, revelando a insuficiência da ontologia tradicional. Nesse sentido, para Heidegger, elaborar a questão do ser é tornar um ente transparente e analisar aquilo que se mostra a partir de si mesmo. Como ser-no-mundo o humano é situado numa realidade, que torna-se presença, tendo o ser como responsabilidade de assumir-se. O estar no mundo por parte do ser é ligar-se as possibilidades de vir a ser, o que aponta para a necessidade de reconhecer o mundo e entender seus desdobramentos. E, o que tange o conhecimento pauta-se justamente na compreensão que o conhecimento por si funda-se num já estar no mundo que passa a ser ocupação do ente na presença. Dos escritos levinasianos faz um recorte à obra Da Evasão (2001), por ter sido escrita posteriormente à obra de Heidegger e, possivelmente Levinas, tenha lido a mesma, e desdobra-se nessas reflexões. Para Levinas, o ser encontra-se diante da necessidade de sair de si mesmo, de romper com o fato de que o eu é si mesmo, como recusa de permanecer numa situação insustentável. Ancora seu pensamento na inadequação humana às satisfações das necessidades e apresenta os estados de prazer, vergonha, desassossego e náusea para afirmar que a impotência humana é o ser puro da existência. Com esses termos caminha para a defesa de que a necessidade exprime a presença do nosso ser e não sua deficiência. As considerações finais deste ensaio não têm como pretensão abordar de forma finita o assunto,

Levinas Buscar Grupo igual a Levinas
21.10 | Sexta-Feira | sala 19| 08h50
sala 19
21/10/2016
FaLang translation system by Faboba