Cinelli Tardioli Mesquita Show all records where Autor is equal to Cinelli Tardioli Mesquita
IFSuldeMinas Show all records where Instituição is equal to IFSuldeMinas

Por muito tempo (e mesmo em seu tempo, a saber, final do século XVI e início do XVII) Marie foi conhecida pelos “homens de saber” apenas como a “fille d’alliance” de Montaigne. Talvez por isso, também por muito tempo as informações biográficas que se destacaram de sua história são as encontramos nos "Ensaios" de Montaigne: que ela o conheceu por ocasião da viagem a Paris que ele fez em 1588 quando tinha cinquenta e cinco anos e ela vinte e três: que ela não era muito querida por seus conterrâneos na região de Picardie e que ele deixou sob os cuidados dela suas últimas anotações feitas em seus "Ensaios" para edição e publicação póstumas. Nada que de fato provasse as qualidades dela enquanto escritora autoral. Como destacou Séverine Auffret, por muito tempo Marie foi conhecida como o “satélite de um astro”. Ou seja, por muito tempo ela desenvolveu um papel secundário na vida das letras, sempre como a amiga próxima de Montaigne. Entretanto Marie escreveu numerosos ensaios filosóficos, dos quais serão destacados neste momento três deles que nos indicam que Marie não foi apenas uma mera amiga de Montaigne, mas uma herdeira filosófica do mesmo que além de herdar seu modo ensaísta de filosofar sobre diversos assuntos, dentre seus temas de estudo perscrutou de maneira autoral um que foi pouco abordado por seu amigo/mestre: a misoginia, com ênfase na misoginia presente nos círculos de debate filosófico. Os ensaios escolhidos para demonstrar o que foi dito foram: "Grief des Dames", "Apologie pour celle qui escrit" e "Égalité des Hommes e des Femmes".

Filosofia e Gênero Buscar Grupo igual a Filosofia e Gênero
21.10 | Sexta-Feira | sala 22| 10h40
sala 22
21/10/2016
FaLang translation system by Faboba