Fernandes Antonio Brasileiro Rodrigues Show all records where Autor is equal to Fernandes Antonio Brasileiro Rodrigues
UFPB Show all records where Instituição is equal to UFPB

EXTERIORIDADE E ÉTICA A PARTIR DE ENRIQUE DUSSEL

Fernandes Antonio Brasileiro Rodrigues Doutorando em Filosofia pela UFPB Prof. Assistente no Centro de Educação UFPB Membro do Núcleo de Estudos e Atividades de Filosofia Latino-Americana (NEAFLA/UFPB) fabrasileiro@bol.com.br Linha de Pesquisa: Filosofia Prática

Pretende-se neste trabalho situar a “Exterioridade” e a “Ética”, desde à “Filosofia da Libertação” de Enrique Dussel, assumindo a influência e a importância do pensamento de Karl Marx, à reflexão e compreensão das estruturas sociais, econômicas, políticas e culturais da América Latina. O objetivo é identificar no conceito de exterioridade a presença indubitável de Marx com a recusa das explicações metafísicas, meramente discursivas, como justificadoras das injustiças concretas de opressão de homens e mulheres apropriada pelo “sistema-mundo” totalizante e dominador. Inicialmente, toma-se o conflito, a guerra, a violência entre dominado e dominador, mostrando que dessa relação nasce grande parte dos elementos que predominam e mantém o homem e a mulher aprisionados à cultura de dominação e de exclusão. Nesse contexto, a Filosofia da Libertação busca pensar tal problemática com um método de analise próprio, retomando particularmente Marx, com o intuito de contribuir na minimização da morte e da dor a partir da libertação do “Outro”, da “vítima”. Nesse sentido Marx vai nos ajudar indicando que no seu método proposto, a economia política deve partir do concreto das relações sociais, levando em consideração o modelo de sociedade que venha a se configurar com seu grau de desenvolvimento. É possível obter o concreto pensado a partir do nosso entendimento direto com estas relações, desde que as retomemos no âmbito de uma reflexão mais significativa, até ganhar o caráter geral de uma totalidade concreta. Sem dúvida, o pressuposto econômico da sociedade burguesa moderna serve para analisar todos os modelos anteriores e discutir a viabilidade social e cultural. Enfim, indica-se possíveis conclusões o que nos leva a remeter a reflexão da “Filosofia da Libertação” quanto aos aspectos das circunstâncias atuais, visando seus principais princípios e postulados éticos-político e culturais da dissolução do Estado e a ideia do poder cidadão.

PALAVRAS-CHAVE: Dominação: Filosofia da Libertação: Marxismo.

Ética e Filosofia Política Buscar Grupo igual a Ética e Filosofia Política
21.10 | Sexta-Feira | sala 23| 09h40
sala 23
21/10/2016
FaLang translation system by Faboba