Marcelo Hanser Saraiva Show all records where Autor is equal to Marcelo Hanser Saraiva
UNICAMP Show all records where Instituição is equal to UNICAMP

Esta pesquisa se situa no marco relativamente recente de investigações sobre a leitura que o filósofo Michel Foucault (1926-1984) realiza acerca do filósofo Immanuel Kant (1724-1804). Concentramo-nos no período inicial de recepção do filósofo alemão pelo francês, a saber, aquele que se costuma denominar período “arqueológico”, tendo por texto-chave a Tese Complementar de 1961. Num primeiro momento, o objetivo é entender a leitura específica que se faz de Kant contida nessa última obra, visando principalmente a distinção identificada por Foucault entre a priori, originário e fundamental, tida como a “articulação autêntica do Philosophieren”. Num segundo momento, partindo do anúncio de Foucault de que o filosofar depende de uma forma de “repetição” do gesto kantiano, perscrutamos como tal leitura pode servir de entrada para problematizações e conceituações foucaultianas mais ou menos contemporâneas, a saber: o diagnóstico de época acerca do “sono antropológico” (desenvolvido em As Palavras e as Coisas, mas já presente na Tese) e a possibilidade de se desvencilhar do peso que ele exerce sobre nossa tradição moderna: e os problemas da verdade e da liberdade na obra de Foucault desse período, traduzidos, no primeiro caso, em um projeto arqueológico e, no segundo caso, na busca por experiências-limite (a transgressão e o fora).

Criticismo e Semântica Buscar Grupo igual a Criticismo e Semântica
21.10 | Sexta-Feira | sala 33| 10h30
sala 33
21/10/2016
FaLang translation system by Faboba