Dia mundial da filosofia: a sua necessidade diante de um tempo cheio de perigos e esperanças

Neste dia 16 de novembro celebra-se o Dia Mundial da Filosofia da UNESCO. Apresentamos, neste dia, três textos que reforçam a importância da Filosofia em nosso mundo e também os desafios contemporâneos. O primeiro texto é uma carta do Ex-Diretor Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Federico Mayor, no qual ele indica a importância do papel da Filosofia para compreender o presente e construir a sociedade do amanhã. Através de seu patrimônio mundial, de sua capacidade educacional de formar seres capazes de julgarem por si e nutrindo a esperança de sermos livres.

O segundo texto, de Agemir Bavaresco (PUCRS), consiste em uma análise dos estudos da Unesco que, em 2007, publicou um informe sobre o ensino da Filosofia denominado: A Filosofia, uma escola de liberdade (2007). Este estudo é o resultado de um questionário, composto de questões qualitativas e quantitativas da situação do ensino da Filosofia entre os 192 Estados membros da ONU. Nesta análise, ele indica a abertura progressiva da Filosofia com os problemas de nossas sociedades e o papel que ela tem na formação dos cidadãos. “Pois através de sua vocação crítica, ajuda a superar o etnocentrismo dogmático, os condicionamentos éticos, culturais e sociais para liberá-los ao diálogo intercultural”, comenta. Neste trabalho ele suscita questões e desafios e conclui que a Filosofia leva a compreender a complexidade do agir humano, depois, possibilita a aprender a linguagem racional universal, superando cristalizações históricas. “Para que esta função possa desenvolver-se, é necessária a liberdade acadêmica, a liberdade do ensino e da aprendizagem da Filosofia”.

Por fim, indicamos a leitura da “Declaração de Salvador a favor da Filosofia Salvador”, publicada em abril deste ano. A carta foi elaborada durante o I Encontro da Rede Iberoamericana de Filosofia, realizado em Salvador na Bahia. Neste documento reforça-se que a Filosofia é uma parte consubstancial de todas as civilizações, é uma escola para liberdade e para paz, e que deve ter um lugar específico e diferenciado no sistema educativo. Também se afirma não ser possível haver democracia sem cidadãos educados para pensar de maneira livre e autônoma e ainda a necessidade de haver sistema público de investigação e de criar espaços para que cidadãos tenham acesso à reflexão crítica e debate público. Por fim, o documento rechaça os cortes orçamentários que muitos governos iberoamericanos aplicam ao sistema educativo nos últimos anos e defende o cultivo e a difusão da Filosofia nas línguas portuguesa e espanhola, nas demais línguas hispânicas e dos povos originários.


Texto 1:
http://www.ufjf.br/pensandobem/files/2009/10/Uma-escola-de-liberdade-Federico-Mayor-%E2%80%93-ex-diretor-geral-da-UNESCO.pdf

Texto 2:
http://www.abavaresco.com.br/images/stories/filosofiaescoladeliberdade.pdf

Texto 3:
http://www.anpof.org/portal/images/Declarac%C3%A3o_de_Salvador_em_favor_da_Filosof%C3%ADa-PORTUGU%C3%8AS-ESPALHOL.pdf

Tags: NOTAS

FaLang translation system by Faboba