GT HANS JONAS E GT FILOSOFIA DA TÉCNICA E DA TECNOLOGIA DA ANPOF REPUDIAM VIOLÊNCIA NO PROCESSO ELEITORAL

O GT Hans Jonas e o GT de Filosofia da técnica e da tecnologia, da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia (ANPOF), vêm a público manifestar sua preocupação em relação aos vários casos de ameaças e ataques violentos contra cidadãos brasileiros, principalmente estudantes e professores universitários.
Alertamos para a grave ameaça à democracia que advém de uma candidatura que tem incentivado o ódio entre os brasileiros, colocando em xeque as conquistas sociais e culturais de nosso povo.

Acreditamos em escolas e em educação, não em armas e violência. Acreditamos na democracia e no exercício cidadão, nos direitos humanos e na universidade como comunidade de assuntos discutíveis, não no ódio e na agressão. Acreditamos na liberdade de expressão e afetiva, não no preconceito e na discriminação.

Como filósofos e filósofas, reiteramos o papel do pensamento crítico, da prática cidadã e do caminho da não-violência como solução para as graves tensões sociais pelas quais nosso país tem passado.

A violência não é caminho. A barbárie precisa ser contida. A população brasileira  precisa construir seu futuro com diálogo e tolerância, em defesa das cláusulas pétreas da civilização, que jamais estiveram tão ameaçadas.

Tags: NOTAS

FaLang translation system by Faboba