Moção de repúdio do GT Hegel

O Gt Hegel, na reunião realizada em 25 de outubro de 2018, no XVIII Encontro Nacional da Anpof, após ampla discussão, aprovou que se emitisse uma moção de repúdio às atitudes racistas ocorridas durante as atividades do GT:

Dentro do ambiente do GT Hegel, na Anpof de 2018, ocorreram episódios de falas racistas e desrespeitosas com as diferenças e com a memória da vereadora carioca assassinada Marielle Franco. Esses casos foram amplamente e publicamente debatidos na reunião do GT, que votou pela moção de repúdio a essas atitudes. Os acusados desculparam-se publicamente e manifestaram a falta de intenção ofensiva em suas falas. O GT se coloca como um espaço aberto, de respeito às diferenças e reafirma a sua vocação ao debate livre e civilizado das diferentes opiniões.

Tags: NOTAS

FaLang translation system by Faboba