A distância do olhar - síntese e liberdade na doutrina da ciência de Fichte

A DISTÂNCIA

É bastante conhecida a imagem de Johann Fichte como o filósofo da liberdade. De fato, é o próprio Fichte quem definirá sua filosofia como "a primeira filosofia da liberdade", chegando a dizer que a essência do saber é a liberdade. Mas o que entender desse pensamento? A maioria dos intérpretes verá nele a afirmação ideológica de uma visão moral de mundo, como se Fichte, querendo intervir na vida, acabasse fazendo uma filosofia da liberdade para justificar essa intervenção. Este trabalho procura mostrar que a doutrina da ciência não é uma moral e que a liberdade é elevada por ela à essência do saber não por capricho ideológico do indivíduo Fichte, mas porque ela é um operador essencialmente especulativo autorizado a resolver o problema filosófico por excelência da síntese entre pensamento e ser, isto é, o problema da validade objetiva de nossas representações.

GASPAR, Francisco Augusto de Moraes Prata
é doutor em filosofia pela Universidade de São Paulo, professor de filosofia no Departamento de Filosofia e Metodologia das Ciências (DFMC) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e autor de diversos artigos em revistas especializadas sobre a obra do filósofo alemão Johann Gottlieb Fichte (1762-1814).

A distância do olhar
GASPAR, Francisco Augusto de Moraes Prata
Formato: 12,5cm x 19cm
Peso: 0,408 kg

Código do livro: LIV.15113
Código ISBN: 9788515045693
Data da Publicação: 10/05/2019
nº de páginas: 464
Disponibilidade Produto disponível em Estoque

https://www.loyola.com.br/produtos_descricao.asp?lang=pt_BR&codigo_produto=77329

Tags: LANÇAMENTOS

FaLang translation system by Faboba