Kuhn e as Ciências Humanas
UNICAMP/IBPW - Instituto Brasileiro de Psicanálise Winnicottiana
coloquio@sbpw.com.br

T. Kuhn foi o autor de uma das mais radicais transformações na filosofia da ciência do século XX, e sua influência nos debates acerca da atividade de pesquisa científica, da estrutura das teorias científicas e do progresso da ciência parece crescer a cada dia. Apresentada inicialmente em seu The structure of scientific revolutions (1962), sua concepção de ciência tornou-se referência constante para a distinção entre atividades genuinamente científicas e pseudocientíficas, e ainda, entre ciências maduras ou ciências em formação. O I Colóquio Kuhn reunirá pesquisadores de diversas instituições nacionais e estrangeiras para o estudo aprofundado desses temas.


14 Mar 2016 > Ocorrido há 1193 dias
14 Mar 2016 - 15 Mar 2016
22 Fev 2016 - 11 Mar 2016

 

I Colóquio T. Kuhn e as Ciências Humanas

Local – IFCH/UNICAMP  - Dias 14 e 15 de Março de 2016

Sala Multiuso – prédio da Administração – IFCH/UNICAMP

Realização – CLE/UNICAMP e Instituto Brasileiro de Psicanálise Winnicottiana.

Serão emitidos certificados aos participantes. Inscrições pelo email: coloquio@sbpw.com.br

 

Comissão organizadora:

Zeljko Loparic (UNICAMP)

Silvio Chibeni (UNICAMP)

Suze Piza (UFABC/UNICAMP)

Carlos Motta (PUC/SP)

Marcos Lisboa (PUC/Camp)

 

Programação:

Dia 14/3 – Segunda-feira

14:00 às 15:30hs -  Conferência de abertura: Confiar na ciência: mudança de um paradigma cultural

Alberto Cupani – UFSC

 

15:30 às 17:00 hs – Mesa: Incomensurabilidade e Demarcação

 

A relevância da incomensurabilidade epistemológica

Robinson Guitarrari (UFRRJ)

Demarcação e Ciências humanas

Carlos Motta (PUC-SP)

 

Intervalo

 

 

17:30 às 19:00 hs – Mesa: Fatores sociais, História e Filosofia em Kuhn

 

Entre razões epistêmicas e fatores sociais: a inacabada reconstrução metacientífica de Kuhn

Alberto Oliva (UFRJ)

Das relações entre a história e a filosofia da ciência no Brasil

Anastásia Guidi Itokazu - UFABC

 

 

Dia 15/03/2015

09:30 às 11.00 hs - Mesa: Cientificidade e Verdade

 

La matriz disciplinar kuhniana y nuevamente el viejo problema de la cientificidad del psicoanálisis

Letícia Minhot

Epistémê e matriz disciplinar como transcendental a partir de Michel Foucault e T. Kuhn

Suze Piza (UFABC)

 

 

11:00 às 12.30 hs - Mesa: Paradigma e Psicanálise

Paradigmas na Psicanálise e a aprendizagem baseada em modelos

Eder Soares Santos (UEL)

A “parte metafísica de um paradigma”: considerações sobre a psicanálise à luz de Kuhn e Heidegger

Caroline Vasconcelos Ribeiro (UEFS)

 

14.00 às 15.30

Conferência - A crise e a posterior formação do consenso

Caetano Ernesto Plastino (USP)

 

Intervalo

   

16:00 às 17.30 – Mesa:  Exemplares kuhnianos na psicanálise

 

Problemas clínicos freudianos e winnicottianos

Zeljko Loparic (UNICAMP/IWA/SBPW)

Ilustração de problemas clínicos winnicottianos

 

Elsa Oliveira Dias (IWA/SBPW)


UNICAMP - IFCH - sala multiuso do prédio da Administração
Sociedade Winnicott
Suze Piza
FaLang translation system by Faboba