Nietzsche: Tempo e História

Encontros Nietzsche

Os Encontros Nietzsche consistem num fórum permanente de debates acerca da filosofia nietzschiana. Promovidos duas vezes ao ano pelo Grupo de Estudos Nietzsche (GEN), recebem seus parceiros intelectuais, tanto da cena acadêmica nacional como internacional. Ocorrendo sempre nos meses de maio e setembro, é também a ocasião em que o GEN apresenta suas publicações. 

 

XL Encontros Nietzsche

"Nietzsche: Tempo e História"

Em seus escritos de juventude, Nietzsche entende que a cultura declina quando comandada pelas ciências históricas e naturais. O maior dano é que, ao se deterem somente nas aparências, as ciências naturais e históricas ficam com o que passa, ao invés do essencial e eterno, arremessando o homem no tempo, que Nietzsche entende como Kronos, o tempo que devora seus próprios filhos. Os instintos místicos são desarticulados pelo gênio teórico que, através do emprego desmedido da causalidade, exacerba as forças apolíneas, impedindo a experiência da eternidade. Para o jovem Nietzsche, essa propensão perversa só poderia ser interrompida pelas forças suprahistóricas da arte e filosofia, bem como por uma mobilização valorativa da história. 

Ulteriormente, porém, especialmente a partir de Humano, demasiado humano, Nietzsche proclama a sua filosofia histórica. Em antagonismo à filosofia metafísica, a filosofia histórica tem como seu traço distintivo a primazia conferida ao vir-a-ser em detrimento do ser, ao sentido histórico em detrimento do suprahistórico. Exige-se, então, uma terapêutica da tradição filosófica visando ao refreamento de sua tendência à desistoricização; o filósofo deve reeducar-se emocional e intelectualmente para aprender a lidar com o perecimento, a morte e, no limite, com o tempo, ou o foi assim, de uma nova forma, livre e afirmativa. Mediante a correção desse defeito hereditário de todos os filósofos, a saber, a falta de sentido histórico, ele será capaz de aceitar que tudo veio a ser, e que não existem fatos eternos ou verdades absolutas, quer no domínio da natureza, quer no domínio das humanidades. Aprendendo a reconhecer o valor do vir-a-ser, o novo filósofo abandona os antigos procedimentos abstratos da tradição filosófica (dialético-dedutivos) para, então, buscar subsídios nas ciências naturais e históricas.

O real alcance desse projeto filosófico heterodoxo, promovido por Nietzsche em seus escritos dos chamados períodos intermediários e de maturidade, começa a ficar conhecido após o término da publicação da edição crítica providenciada por Colli-Montinari, impelindo, doravante, o surgimento de uma profusa gama de investigações, sobretudo em nossa atualidade. Pretende-se, no XL Encontros Nietzsche, oferecer contribuições para esse debate em curso, central tanto para o adequado entendimento do pensamento nietzschiano em sua integralidade, como para os rumos singulares tomados pela filosofia na contemporaneidade.

 

Coordenação do evento

Prof. Dr. Eduardo Nasser

 

 

Website: https://grestudosnietzsche.wixsite.com/xlencontrosnietzsche


20 Set 2017 > Ocorrido há 3 dias
20 Set 2017 - 21 Set 2017
UFABC
FaLang translation system by Faboba

Próximos Eventos


I Bienal Internacional de Filosofia de Uberlândia

Conferencistas confirmados:

 

Alcino Eduardo Bonella (Universidade Federal de Uberlândia)

Claudia Meghale (Universidade de Nápoles)

Carla Rodriques (UFRJ)

Denis Kambouchner (Universidade de Paris I)

Fabrizio Lomonaco (Universidade de Nápoles)

Francis Wolff (ENS – Paris)

Igor Agostini (Universidade do Salento)

Laura Castelli (LMU- Munique)

Marcelo Carvalho (UNIFESP)

Marco Vanzulli (Universidade de Milão - Bicocca)

Pierre Guenancia (Universidade da Borgonha) 

Rafal Smoczynski (Academia Polonesa de Ciências)

Romana Bassi (Universidade de Pádua)

Stefania Sini (Universidade do Piemonte Oriental)

Wojciech Starzynski (Academia Polonesa de Ciências)

 

25 a 30 de Setembro de 2017

 

Universidade Federal de Uberlândia – Campus Santa Mônica

 

 

Auditório do bloco 5O

DATA DE INÍCIO
25 Set 2017 > Ocorrerá em 3 dias

“COLÓQUIO INTERNACIONAL DESCARTES: Discurso do Método e Ensaios”

“COLÓQUIO INTERNACIONAL DESCARTES: Discurso do Método e Ensaios”

Data: 3-6 de outubro de 2017

Local: IFCH-UNICAMP, Campinas, SP

Promoção: GT Estudos Cartesianos – ANPOF

Coordenação: Dr. César Augusto Battisti e Dr. Enéias Júnior Forlin

DATA DE INÍCIO
03 Out 2017 > Ocorrerá em 11 dias

IV Encontro Linguagem e Cognição
IV Encontro Linguagem e Cognição
DATA DE INÍCIO
04 Out 2017 > Ocorrerá em 12 dias
LOCAL
Maceió-AL (Universidade Federal de Alagoas & Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso (8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas)

7º Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade - Esocite 2017
7º Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade - Esocite 2017

É uma satisfação convidá-la/o para a primeira fase de organização do VII ESOCITE.BR/tecsoc, que acontecerá na Universidade de Brasília (UNB), FINATEC/ Brasília, de 05 a 07 de outubro de 2017, fazendo uma proposta de GRUPO TEMÁTICO (GT), OFICINA ou MINICURSO.

Sua proposta deve ser encaminhada eletronicamente pelos E-MAILs assim distribuídos:

Para GT: gtesocite17@gmail.com

Para OFICINA: oficinaesocite17@gmail.com

Para MINICURSO: minicursoesocite17@gmail.com

 

Prazo para o encaminhamento de propostas: 06 de março a 10 de abril de 2017

Condições e formatos das propostas:

1) GTs: uma proposta de coordenação de Grupo Temático deverá ser encaminhada por no mínimo dois professores/pesquisadores que não sejam da mesma instituição através de um texto de referência (para divulgação no site de chamada do simpósio) de no mínimo 1200 e no máximo 2400 caracteres apresentando os objetivos da proposta, além do título e a indicação de um/a debatedor/a. Um GT será composto por no mínimo 9 e no máximo 15 trabalhos que terão lugar em sessões de 120 minutos. Como sugestão inicial, cada sessão de um GT será composta por 5 apresentações de 15 minutos, seguidas de 10 minutos de intervenção do/a debatedor/a e mais 35 minutos de discussão aberta.

2) OFICINAS: Uma Oficina é pensada como um encontro que visará a finalização conjunta de um “objeto”. Por exemplo, um texto, uma aula, uma demonstração, um vídeo, uma tomada de posição academicamente referenciada, etc. Uma proposta de oficina deverá ser encaminhada por um ou mais professores/pesquisadores em um texto de referência (para divulgação no site de chamada do simpósio) de no mínimo 2400 e no máximo 4800 caracteres apresentando os objetivos da oficina, além do título. Uma oficina terá um espaço definido mas não estará subordinada à divisão prévia em sessões, embora a distribuição das tarefas deva ser compatível com a grade de horário do evento.

 

3) MINICURSOS: uma proposta de minicurso deverá ser encaminhada por um ou mais

DATA DE INÍCIO
05 Out 2017 > Ocorrerá em 13 dias
LOCAL
Finatec, Universidade de Brasília - Brasília/DF