II Encontro Vozes: As Mulheres na Filosofia
Unicamp
encontrovozes@gmail.com

A área de filosofia no Brasil é marcada por um desequilíbrio de gênero gritante: 79% do corpo docente dos Programas de Pós-Graduação é composto por homens e apenas 21% por mulheres. No corpo discente, a baixa presença de mulheres é motivo de grande preocupação: 73% são homens e 27% são mulheres. Por quê? Quais são as causas dessa desigualdade? O II Encontro Vozes: As Mulheres na Filosofia reunirá docentes, pesquisadoras e pesquisadores vinculados a diversas universidades brasileiras empenhados em refletir sobre essa questão a partir de diversos pontos de vista. Queremos pensar sobre as barreiras institucionais, simbólicas e materiais que se impõem às mulheres na área de filosofia; queremos pensar sobre a nossa experiência docente e discente, bem como tematizar o silenciamento das mulheres e o seu apagamento da história da filosofia. Compreender as causas da inaceitável desigualdade de gênero é um passo, que precisamos dar, para traçar o caminho da emancipação futura. 
______________________________________________________

O II Encontro Vozes é um evento promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Unicamp, que ocorrerá entre os dias 20 e 22 de março de 2018 no IFCH. Trata-se da segunda edição do Encontro Vozes Femininas na Filosofia, inaugurado em junho de 2017 pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFRGS. Está em marcha a nossa luta pela pluralização das vozes na área de filosofia no Brasil. Que tantas outras venham!
______________________________________________________

Inscrições: enviar para o e-mail encontrovozes@gmail.com nome, instituição, RG e telefone celular para contato. 


20 Mar 2018 > Ocorrido há 609 dias
20 Mar 2018 - 22 Mar 2018

PROGRAMAÇÃO

DIA 20 - Auditório 1

14h

Abertura: Taisa Palhares (Unicamp), Monique Hulshof (Unicamp), Yara Frateschi (Unicamp), Fátima Évora (Unicamp)

14h30 – 17h 

Monique Hulshof (Unicamp) – Combate à discriminação de gênero na filosofia.

Heloisa Buarque de Almeida (USP) – Heloisa Buarque de Almeida (USP) – Violência sexual e de gênero na universidade e a Rede Não cala USP

Ana Maria Almeida (Unicamp) – título a confirmar

19h

Ana Miriam Wuensch (UNB) - Filosofia e Feminismo: relato de experiência em uma disciplina de graduação na UnB.

Gisele Dalva Secco (UFRGS) -As mulheres na filosofia das ciências formais - Computação, Lógica, Matemática.

Debatedora: Janyne Sattler (UFSC)

DIA 21 - Auditório 1

10 – 12h

Mitieli Seixas da Silva (UFSM) - Uma reflexão sobre os diferentes tipos de silenciamento das falas de mulheres na academia.

Felipe Gonçalves Silva (UFGRS) - Nancy Fraser e Amy Allen, sobre a cegueira de gênero.

Debatedor: Leonardo Rennó (Unicamp)

14h-17h

Ricardo Terra (USP) – Experiências didáticas iluminadas pelo conceito de injustiça epistêmica

Carolina de Melo Bomfim Araújo (UFRJ) - Quantas filósofas? O que nos dizem os novos números da Capes.

Yara Frateschi (Unicamp) – Narrativa e poder: o que dizem as mulheres sobre a desigualdade de gênero na área de filosofia no Brasil?

Debatedoras: Laíssa Ferreira (Unicamp) e Nadia Junqueira Ribeiro (Unicamp)

19h

Gislene Aparecida dos Santos (USP) - Gênero, Raça, Diversidade: contra a arrogância do "ponto zero".

Debatedora: Ana Claudia Lopes (Unicamp)

DIA 22 - Auditório 2

10 h – 12h 

Léa Carneiro Silveira (Universidade Federal de Lavras – UFLA) - Sexualidade feminina e herança filogenética: Como Juliet Mitchell elude premissas envolvidas na tese freudiana da inferioridade da mulher

Inara Marin (UNICAMP) – diferença sexual e a questão do sujeito(subjetivação da dominação) para Freud .

Debatedora: Bárbara Santos (Unicamp)

14h – 15h30

Marília Lopes de Figueiredo do Espirito Santo (UFRGS) - Longuenesse sobre Kant e razão prática

Nastassja Saramago de Araujo Pugliese (USP) - A metafísica de Anne Conway e o cânone do racionalismo seiscentista

Debatedora: Ana Rieger Schmidt (UFGRS)

16h-17h30

Marisa Lopes (UFSCAR) - A mulher como privação. A mulher segundo Aristóteles. Parte 2.

Maria Simone Marinho Nogueira (UEPB) - Pensadoras Medievais: transgressões silenciadas

Debatedora: Fátima Évora (Unicamp)

19h

Maria Isabel Limongi (UFPR) - Luta feminista e representação política

Debatedora: Juliana Oliveira Missaggia (UFSM)


Auditórios 1 e 2, IFCH, Unicamp, Campinas/SP
FaLang translation system by Faboba