You have 0 articles to compare. Do you want to see compare view now?


Compare

APRESENTAÇÃO

Eric Weil (1904-1977), deve ser contado entre os filósofos mais representativos do século XX. A atualidade de seu pensamento se deve, acima de tudo, à singular captação do fenômeno da violência como chave de compreensão da história humana. A filosofia, segundo Weil, é “a reflexão da realidade no homem real”[1], e o que nós chamamos “a realidade”, para Weil, não é mais que “a totalidade sensata que, no homem, se revela a si mesma como sensata”[2]. Talvez esteja aqui o grande desafio que a filosofia de Weil deixa aos pensadores do século XXI: empreender a compreensão do nosso tempo num horizonte de sentido em vista da sabedoria, que não é mais que a vida na presença do sentido.

A criação de um GT Eric Weil justifica-se não só pela qualidade da sua filosofia, mas também pelo fato de ter crescido expressivamente o interesse pela sua obra no Brasil.  Sintoma disso são as recentes traduções da Lógica da Filosofia, da Filosofia Moral, de Problemas Kantianos e de Hegel e o Estado, pela Editora É Realizações, além da mais antiga tradução da Filosofia Política, publicada em 1991 pela Loyola e reeditada em 2013. Além de publicações recentes em revistas, têm surgido dissertações e teses com potencial de publicação em forma de livro. Além disso, já se contam dois colóquios internacionais sediados na UFC (2012 e 2014) e um na Universidade Nova de Lisboa (2013), com expressiva participação de pesquisadores e estudiosos brasileiros. Finalmente, o GT Eric Weil já se inscreve no âmbito de uma cooperação internacional com o Institut Eric Weil, da Université de Lille III, no qual alguns dos componentes do GT já fizeram estágios de doutorado sanduíche e de pós-doutorado.

[1]Cf. Weil, E., “Souci pour la philosophie. Souci de la philosophie”, Philosophie et Réalité. Derniers essais et conférences. Paris: Beauchesne, 1982, p. 7-22, aqui p. 13.
[2]Cf. Weil, E., “De la réalité”, Essais et Conférences I, Paris, Vrin, 1970, p. 297-323, aqui p. 318.

FaLang translation system by Faboba

Grupos de Trabalho