11/06/2021

Seminário e Lançamento da Obra: "O Discurso e a História: a Filosofia no Brasil no Século XIX"

EGC TCMSP

Tribunal de Contas do Município de São Paulo 

Escola Superior de Gestao e Contas Públicas 

Seminário e Lançamento da Obra: 

“O Discurso e a História: a Filosofia no Brasil no Século XIX“

Inscrições Gratuitas: https://escoladecontas.tcm.sp.gov.br/palestras/evento/1384/-/seminario-e-lancamento-da-obra-o-discurso-e-a-historia-a-filosofia-no-brasil-no-seculo-xix 


Sexta-feira 11 Junho 2021, 10:00 - 12:00
  
"O discurso e a história: a filosofia no Brasil no século XIX", livro originado da pesquisa de doutorado de Júlio Canhada. Este é um trecho do Prefácio, escrito por Marilena Chaui: "Há uma história da filosofia no Brasil? Não seria necessário, primeiro, demonstrar que existe filosofia no Brasil? Eis a difícil questão enfrentada por Júlio Canhada. Suas análises revelam que a produção filosófica brasileira do século XIX não é uma recepção cega de ideias europeias, contra muitas das quais os autores se erguem criticamente, e sim elaborações originais, nascidas das perspectivas de pensamento dos próprios autores, que interpretam a tradição filosófica europeia e as filosofias suas contemporâneas, as incorporam com modificações ou a elas se opõem. Somos colocados diante do núcleo fundador de cada um desses trabalhos e podemos acompanhar seu andamento interno e suas intenções, conhecer seus comentadores, seguidores e adversários, num debate incessante de ideias. Numa palavra, percebemos uma história se fazendo. Há filosofia no Brasil? Sim. Há uma história da filosofia no Brasil? Sim."
 
Data: 11 de junho de 2021, das 10h às 12h
 
Conferencista e autor da obra: 

Prof. Dr. Júlio Miranda Canhada 

Doutor e Mestre em Filosofia pela Universidade de São Paulo, onde também realizou Pós-Doutorado. É membro da equipe de pesquisa Dialogues philosophiques: rencontres philosophiques entre chercheurs d’Amérique Latine et d’Europe, da Universidade Paris 8 e Maison de l’Amérique Latine, França. Além de artigos sobre temas relacionados à filosofia no Brasil, publicou “O discurso e a história: a filosofia no Brasil no século XIX”, pelas Edições Loyola, 2020.
 
Debatedoras:

Profa. Dra. Silvana de Souza Ramos 

Professora Livre Docente do Departamento de Filosofia da USP. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Ética e Filosofia Política e em Filosofia Francesa Contemporânea. Dirige o Grupo de Estudos de Política e Subjetividades (DF/USP). É editora dos Cadernos Espinosanos (USP), membra dos seguintes Grupos de Trabalho da Anpof: GT Filosofia Francesa Contemporânea e GT Filosofia e Gênero, e uma das administradoras da Rede Brasileira de Mulheres Filósofas. É membra do International Merleau-Ponty Circle. Autora de A Prosa de Dora - uma leitura da articulação entre natureza e cultura na filosofia de Merleau-Ponty (Edusp: 2013) e de Corpo e Mente (WFMartins Fontes: 2010). 
 
Profa. Dra. Yara Adario Frateschi 

Professora Livre Docente de Ética e Filosofia Política na Universidade Estadual de Campinas desde 2004. Possui graduação (1997), mestrado (1999), doutorado (2003) e pós-doutorado (2004) em Filosofia pela Universidade de São Paulo. Bolsista de Produtividade em Pesquisa nivel IB do CNPq. Pesquisadora visitante na Columbia University (2000), na ENS de Paris (2006) e na Yale University (2015). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia, atuando principalmente em temas vinculados à relação entre Ética e Política, Filosofia Politica e Teoria Crítica.
 
Organizador do Seminário e Mediador: 

Prof. Dr. Silvio Gabriel Serrano Nunes 

Doutor, mestre, licenciado e bacharel em Filosofia pela USP; estágio de Doutorado na Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne. Advogado, bacharel em Direito pela PUC-SP; especialista em Direito Administrativo pela FADISP. Professor de História do Direito da Ebradi. Assessor jurídico no TCM-SP; professor da Escola Superior do TCM-SP; pesquisador do IBContas; professor convidado do Curso de Pós-Graduação em Direito Constitucional do COGEAE/PUC-SP. Membro Efetivo da Comissão Especial de Direito Constitucional da OAB-SP. Membro fundador do IDASAN – Instituto de Direito Administrativo Sancionador Brasileiro.