INTERPRETAÇÃO MUSICAL - UMA LEITURA HERMENÊUTICA

Pensando - Revista de Filosofia, Vol.7, n.13, 2016 • Pensando - Revista de Filosofia

Autor: Luciano Cesar de Morais e Silva

Resumo:

Este artigo busca um diálogo entre a filosofia e a música, esta tratada mais como área do conhecimento do que como fenômeno estético ou social. Procurando uma superação da classificação de Boécio, que colocava o teórico como o terceiro e mais elevado tipo de músico – acima do instrumentista e do poeta (TOMÁS, 1998) –, notamos que a hermenêutica gadameriana impõe uma reunião do aspecto prático e teórico no âmbito da interpretação (que pressupõe uma teoria e acontece através de uma técnica) que acredito oferecer fundamento para uma epistemologia da interpretação musical. O que a classificação boeciana perde de vista é que a música – como toda a proposição artística– é uma forma de pensamento. Gadamer vem aqui em nosso encontro através de seu livro Verdade e Método, um dos mais sólidos trabalhos em epistemologia do século XX, na medida em que determina a obra de arte “(...) ao lado da experiência da filosofia (...)”, como “a mais peremptória advertência à consciência científica, no sentido de reconhecer seus limites” (GADAMER, 2008, p. 33). É nesta chave que desenvolvemos um modelo preliminar de constituição interpretativa, partindo do caráter universal da hermenêutica, proposto por Gadamer a partir do fenômeno da compreensão em sua concepção mais geral, Esse modelo precisaria ser, ao mesmo tempo, sistemático (para manter sob controle os aspectos problemáticos dos pré-conceitos sem abrir mão deles enquanto estruturantes da pesquisa) e aberto (para manter a possibilidade de reconhecimento de fundamentos diversos de compreensão sem um desvio do objeto central da pesquisa). E tem, ao mesmo tempo, implicações filosóficas sobre a atuação histórico-social do músico pesquisador. Em uma abordagem assim, justifica-se não só a presença da música enquanto disciplina da Universidade, mas também o fato – incômodo para alguns, especialmente ligados à tradição da musikwissenschaft – de essa presença assumir a herança do modelo conservatorial do aprendizado de ofício, não mais como uma tradição antiga e aceita, mas como um ponto de partida para novas (e críticas) proposições artísticas. Além, é claro, de uma forma sólida de conhecimento.

ISSN: 2178-843X

DOI: https://doi.org/10.26694/pensando.v7i13.5296

Texto Completo: https://revistas.ufpi.br/index.php/pensando/article/view/5296/3150

Pensando - Revista de Filosofia

A revista objetiva ser um espaço editorial de rigorosa discussão filosófica aberto à participação de pesquisadores das mais diferentes regiões do país e do mundo, sem qualquer restrição de ordem temática e teórica, em nível de pós-graduação stricto sensu (doutorado).

La revista pretende ser un espacio editorial de discusión filosófica rigurosa abierta a la participación de investigadores de las regiones más diferentes del país y del mundo, sin ninguna restricción de orden temático y teórico, a nivel de postgrado stricto sensu (doctorado).

This journal claims to be a publishing space of rigorous philosophical debate opened to the collaboration of researchers from worldwide with no restriction of themes and theoretical views, by accepting papers only at the level of graduate studies.

Buscamos ainda disponibilizar a tradução de artigos filosóficos ligados às necessidades da graduação e pós-graduação em filosofia no país, bem como a publicização de filósofos que não são contemplados editorialmente no Brasil.

También buscamos poner a disposición la traducción de artículos filosóficos relacionados con las necesidades de estudiantes de pregrado y posgrado en filosofía en el país, así como la publicación de filósofos que no están cubiertos en Brasil.

The journal also aims to publish Portuguese and Spanish translations of philosophical works related to the needs of philosophy undergraduate and graduate studies in our country, as well as papers of relevant philosophers who were not still published in Brazil.

Queremos também, por fim, ser um espaço para a discussão sobre o ensino de filosofia em seus diferentes graus de ensino, visando sua melhoria através da discussão crítica de alternativas acadêmicas relacionadas ao tema.

Finalmente, también queremos ser un espacio para la discusión sobre la enseñanza de la filosofía en sus diferentes grados de educación, con el objetivo de mejorar a través de la discusión crítica de las alternativas académicas relacionadas con el tema.

The journal claims also to be a place for serious debates concerning teaching philosophy in its several levels, by aiming to improve its practice through the critic discussion of relevant alternatives to the subject.

Publicamos artigos em português, inglês, francês, espanhol e italiano. A publicação e o processo editorial é totalmente gratuito.

Publicamos artículos en portugués, inglés, francés, español e italiano. El proceso de publicación y editorial es completamente gratuito.

We publish papers in Portuguese, English, French, Spanish, and Italian. There is no charges or cost for submission and publication.

Link: https://revistas.ufpi.br/index.php/pensando/index